Monday, November 1, 2010

Livros infantis GLBT com familias homoafetivas

Olá, fazia um tempo que eu queria fazer um posto sobre os livros infantis direcionados para crianças e famílias homoafetivas. Eles são muito bons porque incluem nossas famílias de dois pais ou duas mães nas historinhas. Alguns deles são explicitamente falando sobre o assunto de não ter pai, e sim duas mães (e vice versa) mas outros contam uma historia qualquer so que o protagonista tem mães ou pais gays. Acho muito importante as crianças se identificarem com os contos de fadas e historinhas.


Heather has Two Mommies (Léslea Newman; Heather tem duas mamães)
Minha autora favorita que escreve vários contos lésbicos para adultos e alguns infantis. Conta a historia de Heather, que foi concebida via IUI (inseminação intrauterina). O livro conta toda a historia desde que as mamães foram no médico pra ele colocar a sementinha na barriga de uma das mães dela. Toca até no assunto de doador etc... Um dia a professora pede pros alunos falarem sobre suas famílias e a Heather percebe que a maioria das crianças tem pai e ela não. A professora conversa com ela falando dos vários tipos de família que existem (dois pai, duas mãe, mãe solteira, pai solteiro, filhos criados por avós, filhos adotivos etc...), e que cada uma é especial. Linda a história!


King & King (Rei & Rei, Linda De Haan and Stern Nijland)
Conta a história de um príncipe que rejeita todas as princesas quando sua mãe fala que está na hora de casar. Ele se apaixona por um príncipe e fazem uma linda festa de casamento, tornando-se reis! A sequência do livro chama-se King & King and Family, contando a história dos dois constituindo uma família (eles adotam uma menininha na viagem de lua de mel).

And Tango Makes Three (E com Tango somos três: Peter Parnell and Justin Richardson).
Conta a história de dois pinguins machos que adotam ^Tango^, um pinguim neném.




Spacegirl Pukes (Garota do espaço vomita: Katy Watson and Vanda Carter). Uma garota muito sortuda por ter duas mães e um gatinho começa a passar mal quando seu foguete tem problemas.







Daddy, papa and Me e a versão feminina Mommy, Mama and Me (também da Léslea Newman). Conta a historia das familias com dois pais ou duas mães, pra criancinhas bebês ou bem pequenininhas.





The Different Dragon (O Dragão Diferente, Jennifer Bryan): Historinha pra hora de dormir, sobre os cuidados de um garotinho com um dragão que, com a ajuda de suas duas mamães, pode levá-lo a lugares mágicos.







Emma and Meesha My Boy: conta a história de uma menina que tem duas mães e um gato chamado Meesha My Boy.








Oh The Things Mommies Do!: What Could Be Better Than Having Two? (Oh, as coisas que mamães fazem! Nada melhor do que ter duas!:Crystal Tompkins & Lindsey Evans)







The Family Book (O livro da Familia; Todd Parr): fala sobre todos os tipos de familia! Mto bonitinho!








No brasil também está começando a aparecer alguns livros infantis com temática GLS:


Olívia tem dois Papais (Márcia Leite): Olívia é uma menina esperta, que sabe bem o que quer e tem plena noção de como usar algumas palavras para conseguir o que deseja.











O Menino que Brincava de Ser (Georgina Martins): Das escolhas que a vida ensina, Dudu tem à frente a mais árdua: ser como se é, sem sofrer consigo ou com as provocações do mundo à sua volta. Desde sempre, o menino gostava desta brincadeira, a brincadeira de ser o que a imaginação permite: ora fada, ora bruxa, até mesmo princesa.







Meus Dois Pais (Walcyr Carrasco): conta a história de Naldo, um menino cujos pais se divorciaram. Após a mãe receber uma proposta de emprego em outra cidade, o garoto tem que morar com o pai e o amigo dele, que cozinha muito bem. Mas Naldo começa a sentir na pele o preconceito quando percebe que seu pai é gay e acaba indo morar com a avó.







A Elza do blog Gravidez Nossa (aqui) postou sobre um livro que quero muito também:

Eu tenho duas mães (Márcio Martelli) é uma historinha contada por um garotinho que foi criado com muito amor e carinho sob os cuidados de duas mães. O autor também é filho de duas mães. (Brigada Elza!)









Espero que gostem do post! Se tiverem mais alguma dica de livros Brasileiros eu agradeço!

Os livros americanos estao a venda no site da Amazon (www.amazon.com). Nao sei se vende no Brasil.

Pra quem fala que eu to comprando MUITA coisa pra Elis e ja tenho tudo... não é verdade. Eu ainda quero todos esses livros! hahahaha. Só tenho 3 deles....

Beijinhos

Aggy




10 comments:

  1. Meu filho e o marido pensam em adotar um bebê quando voltarem do Canadá daqui uns 2 anos. Adorei saber desses livros que eu desconhecia. Aproveitei e divulguei no twitter. Vcs não tem twitter?

    ReplyDelete
  2. Quero esses livros!!! Onde será que consigo comprá-los pela internet, vocês sabem?

    Beijos!

    ReplyDelete
  3. No site da Amazon tem todos! A gente podia achar uma editora que traduzisse...

    ReplyDelete
  4. Eeee...demorou mas saiu o post...rsrs. Já passou da hora dos livros infantis começarem a abordar as diferentes famílias e a diversidade de um modo geral. É muito importante para a criança se enxergar no universo que ela vive. Aggy, a ideia da tradução é bárbara, como será que faz isso?

    Adorei!
    bjs

    ReplyDelete
  5. nossa Aggy..que indireta hein? ;p Vou procurar livrinho pra Elis tb.

    ReplyDelete
  6. Flor, o livro q falei é 'The Paper Bag Princess'. Nao tem no Brasil. Ele entra numa categoria q é chamada de 'princesas com atitude'.
    Vai ser meio dificil ficar alheia as coisas de princesa, q é epidemia em certas idades, entao o diferencial desse livro é q ela nao é uma donzela em perigo esperando ser resgatada pelo principe encantado. Ela mesma se salva, derrota o dragao, salva o principe (e, no final, ainda dá um pé na bunda dele q ele é muito chato! kkk)
    Amei o blog! Já pus nos favoritos!
    bjks

    ReplyDelete
  7. Ja adicionei na minha lista Jana!

    Adorei falar com vc, Olivia e Valentina!

    ReplyDelete
  8. Muito bom! Olha, tive uma idéia, como escrevo muito mas ainda não publico, vou começar a escrever livros voltados para o público infantil que incluem famílias homoafetivas nas estórias( e deta vez vou publica-los, rsrsrsr). Bjs e tô adorando o blog, estou lendo todos os posts. Bjs nas duas, ou melhor, nas três meninas lindas!

    ReplyDelete
  9. Oi meninas adorei os comentários que li tenho uma união homo afetiva há 17 anos e agora estamos querendo sermos mamães achamos a hora propícia. conhecemos a pró-criar em BH e já estamos fazendo os exames para agilizar a inseminação. encontrei uma família neste site vários depoimentos de pessoas que já estão vivendo em família muito bom mesmo. obrigada! Mônica Garcia

    ReplyDelete